Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Quaresma: "A Palavra é um dom. O outro é um dom" - Papa Francisco

Amados irmãos e irmãs!
A Quaresma é um novo começo, uma estrada que leva a um destino seguro: a Páscoa de Ressurreição, a vitória de Cristo sobre a morte. E este tempo não cessa de nos dirigir um forte convite à conversão: o cristão é chamado a voltar para Deus «de todo o coração» (Jl 2,12), não se contentando com uma vida medíocre, mas crescendo na amizade do Senhor. Jesus é o amigo fiel que nunca nos abandona, pois, mesmo quando pecamos, espera pacientemente pelo nosso regresso a Ele e, com esta espera, manifesta a sua vontade de perdão (cf. Homilia na Santa Missa, 8 de janeiro de 2016).

Oração da Campanha da Fraternidade 2017

Tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” Lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 215)
Deus, nosso Pai e Senhor, nós vos louvamos e bendizemos, por vossa infinita bondade.
Criastes o universo com sabedoria e o entregastes em nossas frágeis mãos para que dele cuidemos com carinho e amor.
Ajudai-nos a ser responsáveis e zelosos pela Casa Comum. Cresça, em nosso imenso Brasil, o desejo e o empenho de cuidar mais e mais da vida das pessoas, e da beleza e riqueza da criação, alimentando o sonho do novo céu e da nova terra que prometestes.

Hino da Campanha da Fraternidade 2017

Tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” Lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 215)
Louvado seja, ó Senhor, pela mãe terra, que nos acolhe, nos alegra e dá o pão (cf. LS, n.1) Queremos ser os teus parceiros na tarefa de “cultivar e bem guardar a criação.”
Refrão: Da Amazônia até os Pampas, do Cerrado aos Manguezais, chegue a ti o nosso canto pela vida e pela paz (2x)
Vendo a riqueza dos biomas que criaste, feliz disseste: tudo é belo, tudo é bom! E pra cuidar a tua obra nos chamaste a preservar e cultivar tão grande dom (cf. Gn 1-2).

Evangelho Comentado do Dia 28/02/2017 terça-feira 8ª Semana do Tempo Comum

8ª Semana do Tempo Comum - 4ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 17,19-20 O Senhor se tornou o meu apoio, libertou-me da angústia e me salvou porque me ama.
Oração do Dia:Fazei, ó Deus, que os acontecimentos deste mundo decorram na paz que desejais e vossa Igreja vos possa servir alegre e tranquila. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Primeira Leitura: Livro do Eclesiástico 35,1-15 (Gr. 1-12)
Aquele que guarda a lei faz muitas oferendas; aquele que cumpre os preceitos oferece um sacrifício salutar. Aquele que mostra agradecimento oferece flor de farinha, e o que pratica a beneficência oferece um sacrifício de louvor. O que agrada ao Senhor é afastar-se do mal, e o que o aplaca é deixar a injustiça. Não te apresentes na presença de Deus de mãos vazias, porque tudo isso se faz em virtude do preceito. O sacrifício do justo enriquece o altar, o seu perfume sobe ao Altíssimo. A oblação do justo…

Liturgia Diária Comentada 28/02/2017 terça-feira

8ª Semana do Tempo Comum - 4ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 17,19-20 O Senhor se tornou o meu apoio, libertou-me da angústia e me salvou porque me ama.
Oração do Dia:Fazei, ó Deus, que os acontecimentos deste mundo decorram na paz que desejais e vossa Igreja vos possa servir alegre e tranquila. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Comungar indignamente é sepultar a alma

Veja como é importante a Parábola da Veste Nupcial, e descubra como é horrível receber a Sagrada Eucaristia indignamente:
Discípulo:Padre, tenha a bondade de explicar-me a parábola dos convidados às núpcias, e o que sucedeu ao que não tinha a veste nupcial.
Mestre:Com muito gosto. Preste, pois atenção.
Narra o Santo Evangelho que um rei quis, com a maior pompa possível, celebrar o casamento de seu filho. Preparou um grande banquete e convidou todos os parentes e amigos. Muitos, porém se recusaram em atender ao convite de tão bondoso rei. Vendo isto, o rei disse aos seus criados que fossem às praças e ruas da cidade e convidassem a todos que encontrassem. Quando a sala ficou repleta e os lugares todos ocupados, entrou o rei para passar em revista os convidados. Encontrou um que não tinha a veste nupcial, e lhe disse: “Amigo, como entraste aqui não tendo a veste nupcial?” E sem mais detença ordenou aos criados: “Tirai-o daqui, e atado de mãos e pés lançai-o no calabouço”.

O poder da Confissão - São João Clímaco

“Você conhece a história do Anjo que apagava os pecados?”

São João Clímaco foi Pai e Mestre do Mosteiro do Monte Sinai, no século VII.
Naquele deserto viviam centenas de monges que passavam santamente a vida a rezar e a trabalhar.
Certo dia chegou ao Mosteiro um rapaz. Bateu e abriram-lhe aquelas portas que para ninguém se fechavam. Dirigiu-se ao Superior, a quem disse:

Pedido de Oração: São Gabriel de Nossa Senhora das Dores - 27 de Fevereiro

Ó Deus, concedei-nos, pelas preces de São Gabriel das Dores, a quem destes perseverar na imitação de Cristo pobre e humilde, seguir a nossa vocação com fidelidade e chegar àquela perfeição que nos propusestes em vosso Filho.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
São Gabriel, rogai por nós!

Evangelho Comentado do Dia 27/02/2017 segunda-feira 8ª Semana do Tempo Comum

8ª Semana do Tempo Comum - 4ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 17,19-20 O Senhor se tornou o meu apoio, libertou-me da angústia e me salvou porque me ama.
Oração do Dia:Fazei, ó Deus, que os acontecimentos deste mundo decorram na paz que desejais e vossa Igreja vos possa servir alegre e tranquila. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Primeira Leitura: Livro do Eclesiástico 17,20-28 (Gr 24-29)
Aos arrependidos Deus concede o caminho de regresso, e conforta aqueles que perderam a esperança, e lhes dá a alegria da verdade. Volta ao Senhor e deixa os teus pecados, suplica em sua presença e diminui as tuas ofensas. Volta ao Altíssimo, desvia-te da injustiça e detesta firmemente a iniqüidade.

Liturgia Diária Comentada 27/02/2017 segunda-feira

8ª Semana do Tempo Comum - 4ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 17,19-20 O Senhor se tornou o meu apoio, libertou-me da angústia e me salvou porque me ama.
Oração do Dia:Fazei, ó Deus, que os acontecimentos deste mundo decorram na paz que desejais e vossa Igreja vos possa servir alegre e tranquila. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Roteiro Homilético 8º Domingo do Tempo Comum - Ano “A” Mateus

Introdução ao espírito da Celebração
Caímos no desânimo com muita facilidade, passando de um optimismo infantil a um pessimismo doentio. Onde estará a verdadeira razão deste nosso comportamento que, por vezes, tanto nos faz sofrer? É verdade que o momento em que vivemos, encarado sem a luz da fé, torna-se propício a que vejamos tudo escuro: falta de estabilidade econômica e no trabalho, insegurança a todos os níveis de convivência humana, e a luta contra as doenças que surgem continuamente. O Senhor toma-nos carinhosamente pela mão, na Liturgia da Palavra de hoje, para nos ajudar a descobrir e a combater as causas deste pessimismo.

Reflexão do Dia: Como podemos viver a humildade de Maria?

Confiança em Deus - Reflexão 8º Domingo Comum “A” - São Mateus

Confiança em Deus
O ensinamento do evangelho tem dois aspectos: por um lado, acentua a impossibilidade de se servir a dois senhores (os dois caminhos), e por outro, realça a atitude do cristão diante das preocupações e trabalhos da vida. Por um lado, o reino de Deus não admite divisões: por outro, a opção de tudo o mais. É um convite a arrancar-nos ao culto do dinheiro, que é uma idolatria, e a ter confiança em Deus, cuja ativa solicitude para com seus filhos nos é descrita. Esta mesma solicitude é expressa pelo profeta Isaías, na 1ª leitura, com uma linguagem de ternura comovente e ilimitada.

Deus, o burro, o macaco, o cachorro e o homem - Humor Católico

Deus criou o burro e disse: "Você deve, diariamente, ir ao campo com o fazendeiro, ficar sob o sol, trabalhar arando a terra, carregar mantimento para alimentar o fazendeiro. - Eu lhe dou 60 anos de vida". O burro respondeu: É uma vida muito sacrificada para mim durante 60 anos. Aceito 20.
Deus criou o macaco e disse: "Divirta as pessoas, faça-as rir. Eu lhe concedo 20 anos." O macaco disse: Fazer macaquice por 20 anos é muito chato. Que tal 10 anos.
Deus criou o cachorro e disse: "Fique sentado todos os dias sob o sol, na frente da casa e lata para qualquer um que passar. Eu lhe dou uma vida de 20 anos." O cachorro disse: É uma vida muito longa para ficar latindo. Dê-me 10 anos.

Evangelho Comentado do Dia 26/02/2017 Domingo 8ª Semana do Tempo Comum

8ª Semana do Tempo Comum - 4ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 17,19-20 O Senhor se tornou o meu apoio, libertou-me da angústia e me salvou porque me ama.
Oração do Dia:Fazei, ó Deus, que os acontecimentos deste mundo decorram na paz que desejais e vossa igreja vos possa servir alegre e tranquila. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Primeira Leitura: Livro do Profeta Isaías 49,14-15
Disse Sião: “O Senhor abandonou-me, o Senhor esqueceu-se de mim!” Acaso pode a mulher esquecer-se do filho pequeno, a ponto de não ter pena do fruto de seu ventre? Se ela se esquecer, eu, porém, não me esquecerei de ti. - Palavra do Senhor.

Liturgia Diária Comentada 26/02/2017

8ª Semana do Tempo Comum - 4ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 17,19-20 O Senhor se tornou o meu apoio, libertou-me da angústia e me salvou porque me ama.
Oração do Dia:Fazei, ó Deus, que os acontecimentos deste mundo decorram na paz que desejais e vossa igreja vos possa servir alegre e tranquila. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Oração de combate: "A couraça" - São Patrício

Alicerçado sobre a racha. Cinjo-me hoje com a força poderosa da invocação da Trindade, da Fé em Deus Uno e Trino, Criador do Universo.
Cinjo-me hoje com o poder da Encarnação de Cristo e do Seu Batismo, com o poder da Sua Crucificação e da Sua descida ao Túmulo, com o poder da Sua Ressurreição e da Sua Ascensão, com o poder da Sua Vinda no Dia do Juízo Final.
Cinjo-me hoje com a força do amor dos Serafins, a obediência dos Anjos, o serviço dos Arcanjos, a esperança da Ressurreição com vista à recompensa, as orações dos Patriarcas, as profecias dos Profetas, a pregação dos Apóstolos, a fidelidade dos Confessores, a inocência das Virgens santas, as ações de todos os Justos.

A Igreja é Mãe - Catequeses sobre a Igreja - Papa Francisco

Nas catequeses precedentes tivemos a oportunidade de frisar várias vezes que não nos tornamos cristãos sozinhos, ou seja, com as nossas próprias forças, autonomamente, e nem sequer nos tornamos cristãos no laboratório, mas somos gerados e crescemos na fé no interior do grande corpo que é a Igreja. Neste sentido, a Igreja é verdadeiramente mãe, a nossa mãe Igreja - é bonito dizê-lo assim: a nossa mãe Igreja - uma mãe que nos dá vida em Cristo e que nos faz viver com todos os outros irmãos na comunhão do Espírito Santo.

Evangelho Comentado do Dia 25/02/2017 sábado

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Primeira Leitura: Livro do Eclesiástico 17,1-13 (Gr.1-15)
Da terra Deus criou o homem, e o formou à sua imagem. E à terra o faz voltar novamente, embora o tenha revestido de poder, semelhante ao seu. Concedeu-lhe dias contados e tempo determinado, deu-lhe autoridade sobre tudo o que está sobre a terra. Em todo ser vivo infundiu o temor do homem, fazendo-o dominar sobre as feras e os pássaros.

Liturgia Diária Comentada 25/02/2017 sábado

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Cora Coralina: O sentido da vida

A vida tem duas faces: positiva e negativa. O passado foi duro mas deixou o seu legado, saber viver é a grande sabedoria. Que eu possa dignificar minha condição de mulher, aceitar suas limitações e me fazer pedra de segurança dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes aceitei contradições, lutas e pedras como lições de vida e delas me sirvo, aprendi a viver.
Não sei se a vida é curta ou longa demais pra nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.

Muitos nomes, mas uma só Maria

01 DE JANEIRO – SANTA MÃE DE DEUS
Foi a primeira festa mariana que apareceu na Igreja ocidental. Substituiu o costume pagão das dádivas (strenae) e começou a ser celebrada em Roma, no século IV. Desde 1931 era no dia 11 de outubro, mas com a última revisão do calendário religioso passou à data atual, a mesma onde antes se comemorava a circuncisão de Jesus, oito dias após ter nascido.
Num certo sentido, todo o ano litúrgico segue as pegadas desta maternidade, começando pela solenidade da Anunciação, a 25 de Março, nove meses antes da Natividade. Maria concebeu por obra do Espírito Santo. Como todas as mães, trouxe no próprio seio aquele que só ela sabia que se tratava do Filho unigênito de Deus, que nasceu na noite de Belém.

Evangelho Comentado do Dia 24/02/2017 sexta-feira 7ª Semana do Tempo Comum

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Primeira Leitura: Livro do Eclesiástico 6,5-17
Uma palavra amena multiplica os amigos e acalma os inimigos; uma língua afável multiplica as saudações. Sejam numerosos os que te saúdam, mas teus conselheiros, um entre mil. Se queres adquirir um amigo, adquire-o na provação; e não te apresses em confiar nele. Porque há amigo de ocasião, que não persevera no dia da aflição. Há amigo que passa para a inimizade, e que revela as desavenças para te envergonhar. Há amigo que é companheiro de mesa e que não persevera no dia da necessida…

Liturgia Diária Comentada 24/02/2017 sexta-feira

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Conselhos sobre a oração - São João Clímaco

Não se aprende a ver; é um efeito da natureza. A beleza da oração também não se aprende por meio do ensinamento. Ela tem em si própria o seu mestre; Deus 'que ensina ao homem o saber'(Sl 94,10) dá a oração e abençoa os anos dos justos.
Que vossa oração ignore toda multiplicidade: uma única palavra bastou ao publicano e ao filho pródigo para obter o perdão. Basta um fio de cabelo para embaralhar a vista; basta uma simples preocupação para dissipar a solidão, pois a solidão é despojamento dos pensamentos e renúncia às preocupações razoáveis.

A Igreja é “uma” e “santa” - Catequeses sobre a Igreja - Papa Francisco

Cada vez que renovamos a nossa profissão de fé, recitando o «Credo», afirmamos que a Igreja é «una» e «santa».É una, porque tem a sua origem em Deus Trindade, mistério de unidade e de comunhão completas. Além disso, a Igreja é santa, porque está fundada em Jesus Cristo, animada pelo seu Espírito Santo, cheia do seu amor e da sua salvação. Mas ao mesmo tempo, é santa e composta de pecadores, todos nós, pecadores, que fazemos a experiência diária das nossas fragilidades e misérias. Então, esta fé que professamos impele-nos à conversão, a ter a coragem de viver quotidianamente a unidade e a santidade, e se não vivemos unidos, se não somos santos, é porque não somos fiéis a Jesus. Mas Ele, Jesus, não nos deixa sós, não abandona a sua Igreja! Ele caminha ao nosso lado, Ele compreende-nos. Entende as nossas debilidades e os nossos pecados, e perdoa-nos todas as vezes que nos deixamos perdoar. Está sempre ao nosso lado, ajudando-nos a ser menos pecadores e mais santos, mais unidos.

Evangelho Comentado do Dia 23/02/2017 quinta-feira 7ª Semana do Tempo Comum

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Memória: SÃO POLICARPO – Bispo e Mártir Prefácio dos Pastores ou mártires - Ofício da memória Cor: Vermelho - Ano “A” Mateus
Antífona:Velarei sobre as minhas ovelhas, diz o Senhor; chamarei um pastor que as conduza e serei o seu Deus. (Ez 34,11.23-24).
Oração do Dia:Ó Deus, criador de todas as coisas, que colocastes o bispo são Policarpo nas fileiras dos vossos mártires, concedei-nos, por sua intercessão, participar com ele do cálice de Cristo e ressuscitar para a vida eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! 
Primeira Leitura: Livro do Eclesiástico 5,1-10 (Gr. 1-8)
Não confies nas tuas riquezas e não digas: “Basta-me viver!” Não deixes que tua força te leve a seguir as paixões do coração. Não digas: “Quem terá poder sobre mim?” ou: “Quem me fará prestar contas das minhas ações?”, pois o Senhor, com certeza, te castigará. Não digas: “Pequei, e que de mal me aconteceu?”, pois o Altíssimo é pacient…

Liturgia Diária Comentada 23/02/2017 quinta-feira

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Memória: SÃO POLICARPO – Bispo e Mártir Prefácio dos Pastores ou mártires - Ofício da memória Cor: Vermelho - Ano “A” Mateus
Antífona:Velarei sobre as minhas ovelhas, diz o Senhor; chamarei um pastor que as conduza e serei o seu Deus. (Ez 34,11.23-24).
Oração do Dia:Ó Deus, criador de todas as coisas, que colocastes o bispo são Policarpo nas fileiras dos vossos mártires, concedei-nos, por sua intercessão, participar com ele do cálice de Cristo e ressuscitar para a vida eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

A Igreja constitui um povo - Catequeses sobre a Igreja - Papa Francisco

Nas catequeses precedentes vimos que a Igreja constitui um povo, um povo preparado com paciência e amor por Deus e ao qual todos nós somos chamados a pertencer. Hoje, gostaria de pôr em evidência a novidade que caracteriza este povo: trata-se verdadeiramente de um novo povo, que se fundamenta na nova aliança, estipulada pelo Senhor Jesus mediante o dom da sua própria vida. Esta novidade não nega o caminho precedente, nem se lhe opõe, mas ao contrário, leva-o em frente, completa-o.

Reflexão do Dia: Como conter o ORGULHO que existe em nós?

Evangelho Comentado do Dia 22/02/2017 quarta-feira 7ª Semana do Tempo Comum

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Festa: CÁTEDRA DE SÃO PEDRO APÓSTOLO Prefácio dos Apóstolos I ou II - Ofício da festa - Glória Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona:Lucas 22,32 - O Senhor disse a Simão Pedro: Roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça. E tu, por tua vez, confirma os teus irmãos.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo poderoso, que  nada nos possa abalar, pois edificastes a vossa Igreja sobre aquela pedra que foi a profissão de fé do apóstolo Pedro. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! 
Primeira Leitura: Primeira Carta de São Pedro 5,1-4
Exorto aos presbíteros que estão entre vós, eu, presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo e participante da glória que será revelada: Sede pastores do rebanho de Deus, confiado a vós; cuidai dele, não por coação, mas de coração generoso; não por torpe ganância, mas livremente; não como dominadores daqueles que vos foram confiados, mas antes, como modelos do rebanho…

Liturgia Diária Comentada 22/02/2017 quarta-feira

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Festa: CÁTEDRA DE SÃO PEDRO APÓSTOLO Prefácio dos Apóstolos I ou II - Ofício da festa - Glória Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona:Lucas 22,32 - O Senhor disse a Simão Pedro: Roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça. E tu, por tua vez, confirma os teus irmãos.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo poderoso, que  nada nos possa abalar, pois edificastes a vossa Igreja sobre aquela pedra que foi a profissão de fé do apóstolo Pedro. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Oração da 7ª Semana do Tempo Comum da Igreja Católica

Jesus e a Santíssima Trindade - Pe. Zezinho, scj

Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim.(Jo 15,26)
Deveria ser tema assimilado por todos os cristãos. Era de se esperar que sobre este dogma não houvesse dúvidas, uma vez que não há como declarar-se cristão sem professar esta verdade: Jesus faz parte da Santíssima Trindade. Ele é o Filho eterno que se encarnou há vinte séculos atrás.

Evangelho Comentado do Dia 21/02/2017 terça-feira 7ª Semana do Tempo Comum

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Liturgia Diária Comentada 21/02/2017 terça-feira

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Quaresma: Tempo de Misericórdia - Frei Geraldo Bezerra

Ao proclamar o Ano Santo da Misericórdia, o Papa Francisco, nos colocou diante do Rosto Misericordiosos do Pai, Jesus Cristo.
Ao longo da quaresma, queremos entrar na dinâmica da misericórdia do Pai que revelou seu rosto à humanidade através do seu filho que veio inaugurar um novo tempo, o tempo do Amor Misericordioso, Ele que desceu às periferias existenciais, encontrou-se com pessoas diversas que não tinham mais esperança em suas vidas, eram pessoas que viviam à margem da vida, no entanto, Jesus, foi ao encontro dessas pessoas, cegos, paralíticos, prostitutas, viúvas, até mesmo, visitou Zaqueu e outros.
Com a quarta feira de cinzas, somos inseridos no tempo da quaresma, somos assinalados com a cinza, nos recordando que somos pó e ao pó voltaremos.

O Pai nos quer perfeitos - Igreja Católica

Sede perfeito como vosso Pai é perfeito (Marcos 5.48). Essa expressão de amor e amizade de Jesus por nós,  nos faz refletir muito sobre o que é ser perfeito.
Perfeito só Deus, mas devemos imitá-Lo por consequência de nossa Salvação. Ser perfeito no entusiasmo pedagógico de Jesus é manter-se ligado o tempo todo nas coisas que vem do alto. Nesta nova Aliança entre Deus e os homens, Jesus como o centro das nossas atenções e como porta para eternidade, nos da à receita.

Evangelho Comentado do Dia 20/02/2017 segunda-feira 7ª Semana do Tempo Comum

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
Primeira Leitura: Eclesiástico 1,1-10
Toda a sabedoria vem do Senhor Deus. Ela esteve e está sempre com Ele. Quem pode contar a areia do mar, as gotas de chuva, os dias do tempo? Quem poderá medir a altura do céu, a extensão da terra, a profundeza do abismo? Antes de todas as coisas foi criada a sabedoria, a inteligência prudente vem da eternidade. Fonte da sabedoria é a palavra de Deus no mais alto dos céus e seus caminhos são os mandamentos eternos.

Liturgia Diária Comentada 20/02/2017 segunda-feira

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio Comum - Ofício do dia Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

São Romano - 28 de fevereiro

Nascido no ano 390, o monge Romano era discípulo de um dos primeiros mosteiros do Ocidente, o de Ainay, próximo a Lion, na França. No século IV, quando nascia a vida monástica no Ocidente, com o intuito de propiciar elementos para a perfeição espiritual assim como para a evolução do progresso, ele se tornou um dos primeiro monges franceses.
Romano achava as regras do mosteiro muito brandas. Então, com apenas uma Bíblia, o que para ele era o indispensável para viver, sumiu por entre os montes desertos dos arredores da cidade. Ele só foi localizado por seu irmão Lupicínio, depois de alguns anos. Romano tinha se tornado um monge completamente solitário e vivia naquelas montanhas que fazem a fronteira da França com a Suíça. Aceitou o irmão como seu aluno e seguidor, apesar de possuírem temperamentos opostos.

São Porfírio de Gaza - 26 de Fevereiro

Feliz é aquele que segue Teus caminhos, ó Senhor! Ajuda-nos a praticar teus ensinamentos e a aproveitar o testemunho que os santos dão em Teu favor; fortalece-nos para abraçar o árduo caminho da cruz e sustenta nossa caminhada com a esperança da ressurreição. Amém. São Porfírio rogai por nós.

Santa Valburga - 25 de fevereiro

Valburga nasceu em Devonshire, na Inglaterra meridional em 710. Era uma princesa dos Kents, cristãos que desde o século III se sucediam no trono. Ela viveu cercada de nobreza e santidade. Seus parentes eram reverenciados nos tronos reais, mas muitos preferiram trilhar o caminho da santidade e foram elevados ao altar pela Igreja, como seu pai, São Ricardo e os irmãos Vilibaldo e Vunibaldo.
Valburga tinha completado dez anos quando seu pai entregou o trono ao sobrinho, que tinha atingido a maioridade e levou a família para viver num mosteiro. Poucos meses depois, o rei e os dois filhos partiram em peregrinação para Jerusalém, enquanto ela foi confiada à abadessa de Wimburn. Dois anos depois seu pai morreu em Luca, Itália. Assim ela ficou no mosteiro onde se fez monja e se formou. Depois escreveu a vida de Vunibaldo e a narrativa das viagens de Vilibaldo pela Palestina, pois ambos já eram sacerdotes.

São Sérgio - Mártir - 24 de Fevereiro

Sérgio, mártir da Cesarea, na Capadócia, por muito pouco não se manteve totalmente ignorado na história do cristianismo. Nada foi escrito sobre ele nos registros gregos e bizantinos da Igreja dos primeiros tempos. Entretanto, ele passou a ter popularidade no Ocidente, graças a uma página latina, datada da época do imperador romano Diocleciano, onde se descreve todo seu martírio e o lugar onde foi sepultado.
O texto diz que no ano 304, vigorava a mais violenta perseguição já decretada contra os cristãos, ordenada pelo imperador Diocleciano. Todos os governadores dos domínios romanos, sob pena do confisco dos bens da família e de morte, tinham de executá-la. Entretanto alguns, já simpatizantes dos cristãos, tentavam em algum momento amenizar as investidas. Não era assim que agia Sapricio, um homem bajulador, oportunista e cruel que administrava a Armênia e a Capadócia, atual Turquia.

São Policarpo de Esmirna - Mártir - 23 de Fevereiro

Sede bendito para sempre, ó Senhor; que o vosso nome adorável seja glorificado por todos os séculos. (S. Policarpo de Esmirna)
Nascido em uma família cristã da alta burguesia no ano 69, em Esmirna, Ásia Menor, atual Turquia. Os registros sobre sua vida nos foram transmitidos pelo seu biógrafo e discípulo predileto, Irineu, venerado como o "Apóstolo da França" e sucessor de Timóteo em Lion. Policarpo foi discípulo do apóstolo João, e teve a oportunidade de conhecer outros apóstolos que conviveram com o Mestre. Ele se tornou um exemplo íntegro de fé e vida, sendo respeitado inclusive pelos adversários. Dezesseis anos depois, Policarpo foi escolhido e consagrado para ser o bispo de Esmirna para a Ásia Menor, pelo próprio apóstolo João, o Evangelista.

Santa Margarida de Cortona - 22 de Fevereiro

A penitência marcou a vida de Margarida que nasceu em 1247, em Alviano, Itália. Foi por causa de sua juventude, período em que experimentou todos os prazeres de uma vida voltada para as diversões mais irresponsáveis.
Margarida ficou órfã de mãe, quando ainda era muito criança. O pai se casou de novo e a pequena menina passou a sofrer duramente nas mãos da madrasta. Sem apoio familiar, ela cresceu em meio a toda sorte de desordens, luxos e prazeres. No início da adolescência se tornou amante de um nobre muito rico e passou a desfrutar de sua fortuna e das diversões mundanas.
Um dia, porém, o homem foi vistoriar alguns terrenos dos quais era proprietário e foi assassinado. Margarida só descobriu o corpo, alguns dias depois, levada misteriosamente até ele pela cachorrinha de estimação que acompanhara o nobre na viagem. Naquele momento, a moça teve o lampejo do arrependimento. Percebeu a inutilidade da vida que levava e voltou para a casa paterna, onde pretendia passar o resto da vida na…

Beata Jacinta de Jesus Marto - 20 de fevereiro

Jacinta de Jesus Marto nasceu em Aljustrel, Fátima, a 11 de março de 1910. Foi batizada uma semana depois. Á ela junto com o irmão Francisco e a prima Lúcia, três simples crianças pastoras analfabetas, foi dada a graça de presenciar as aparições de Nossa Senhora, na sua pequenina aldeia.
Além das cinco aparições da Cova da Iria e uma dos Valinhos, Nossa Senhora apareceu à Jacinta mais quatro vezes em casa durante a doença, uma grave pneumonia que a acometeu juntamente com seu irmão Francisco.
Nessa primeira aparição, quando ambos já estavam acamados, assim descreve a pequenina: "Nossa Senhora veio nos ver e diz que vem buscar o Francisco muito em breve. E a mim perguntou-me se queria ainda converter mais pecadores. Disse-lhe que sim". De fato, logo depois Francisco morreu santamente.

São Gabriel de Nossa Senhora das Dores - 27 de Fevereiro

Ó Deus, concedei-nos, pelas preces de São Gabriel das Dores, a quem destes perseverar na imitação de Cristo pobre e humilde, seguir a nossa vocação com fidelidade e chegar àquela perfeição que nos propusestes em vosso Filho. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
No dia primeiro de março de 1838 recebeu o nome de Francisco Possenti, ao ser batizado em Assis, sua cidade natal. Quando sua mãe Inês Friscioti morreu, ele tinha quatro anos de idade e foi para a cidade de Espoleto onde estudou em instituição marista e Colégio Jesuíta, até aos dezoito anos. Isso porque, como seu pai Sante Possenti era governador do Estado Pontifício, precisava a mudar de residência com frequência, sempre que suas funções se faziam necessárias em outro polo católico.

Roteiro Homilético 7º Domingo do Tempo Comum - Ano “A” Mateus

Introdução ao espírito da Celebração
A fé cristã assenta na sabedoria que vem de Deus e não do mundo. Somos convidados a olhar para os homens nossos irmãos, amando-os como Deus os ama. A santidade a que somos chamados consiste em fazer a vontade de Deus nosso Pai, que ama a todos, sem distinção. Amando os que nos perseguem e orando pelos nossos inimigos, sabemos que somos filhos de Deus. Quanta exigência e quanta motivação contida nesta frase imperativa do Divino Mestre: Sede perfeitos como é perfeito o vosso pai celeste!
Primeira Leitura
Livro do Levítico 19,1-2.17-18
Amarás o teu próximo como a ti mesmo! Sede santos! Deus propõe-nos o mandamento do amor como caminho de santidade, porque o amor entre os homens é o sinal do amor divino.

Amar até os inimigos - Reflexão 7º Domingo Comum “A” - São Mateus

Amar até os inimigos
O mandamento do amor ao próximo não era desconhecido antes de Jesus. De fato, no Antigo Testamento nunca se havia pensado em amar a Deus nem se interessar pelo próximo (1ª leitura). Nos Provérbios encontra-se até uma passagem que ressoa quase com as mesmas palavras do mandamento de Cristo: “Se teu inimigo tem fome, dá-lhe de comer; se tem sede, dá-lhe de beber...” (Pr 25,21). Mas é necessário acrescentar que a frase surge ali inteiramente isolada das demais.
Um mandamento paradoxal
Em sua formulação, em seu conteúdo e em sua forte exigência, o mandamento de Jesus é novo e revolucionário.

Como amar o próximo? - Dom Eurico dos Santos Veloso

O alcance e a raiz do amor vivido e ensinado por Jesus é explicado dentro do Sermão da Montanha proferido por Ele e apresentado em São Mateus 5,38-48 é um amor que não pode ficar reservado ao círculo dos mais próximos, àqueles de nosso grupo ou os que nos amam, mas que deve atingir inclusive os inimigos. É um amor sem fronteiras e somente pode ser entendido como expressão do amor de Deus, que é para todos.

Os discípulos devem amar dessa forma porque é assim que Deus nos ama. Esse será o seu sinal característico.
As palavras finais “sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito”, resumem de uma forma magnífica o ensinamento contido no discurso que Jesus Cristo faz usando antíteses: tendes ouvido o que foi dito, eu, porém, vos digo.

Pedido de Oração: São Gabino - Mártir - 19 de fevereiro

Ó Deus, que destes a São Gabino a graça da perseverança na fé até ao extremo de entregar sua própria vida por causa da fé em Jesus Cristo, dai também a nós a graça de perseverar na fé mesmo diante das dificuldades, para que o vosso nome seja sempre mais glorificado. Amém!
São Gabino, rogai por nós.

Evangelho Comentado do Dia 19/02/2017 Domingo 7ª Semana do Tempo Comum

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio dominical comum - Ofício do dia Glória e Creio - Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! 
Primeira Leitura: Livro do Levítico 19,1-2.17-18
O Senhor falou a Moisés, dizendo: “Fala a toda a comunidade dos filhos de Israel e dize-lhes: ‘Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo. Não tenhas no coração ódio contra teu irmão. Repreende o teu próximo, para não te tornares culpado de pecado por causa dele. Não procures vingança, nem guardes rancor dos teus compatriotas. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor!’” - Palavra do Senhor.

Liturgia Diária Comentada 19/02/2017 Domingo

7ª Semana do Tempo Comum - 3ª Semana do Saltério Prefácio dominical comum - Ofício do dia Glória e Creio - Cor: Verde - Ano “A” Mateus
Antífona:Salmo 12,6 Confiei, Senhor, na vossa misericórdia; meu coração exulta porque me salvais. Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez.
Oração do Dia:Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, procurando conhecer sempre o que é reto, realizemos vossa vontade em nossas palavras e ações. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Reflexão do Dia: O que estou fazendo para viver os ensinamentos de Jesus?

Sejamos mansos e humildes como Jesus - São João Bosco

Olhemos como filhos nossos para aqueles sobre os quais exercemos alguma autoridade.
Ponhamo-nos ao seu serviço como Jesus, que veio para obedecer e não para dar ordens, envergonhando-nos de tudo o que nos possa dar a aparência de dominadores; e se algum domínio exercemos sobre eles, há de ser apenas para os servir melhor.
Assim fazia Jesus com os seus Apóstolos, tolerando-os na sua ignorância e rudeza, e inclusivamente na sua pouca fidelidade; era tal a familiaridade e afeição com que tratava os pecadores que a alguns causava espanto, a outros escândalo, e em muitos infundia a esperança de receber o perdão de Deus; por isso nos ordenou que aprendêssemos d’Ele a ser mansos e humildes de coração.

Somos cristãos porque pertencemos à Igreja - Catequeses sobre a Igreja - Papa Francisco

Na primeira catequese sobre a Igreja, na quarta-feira passada, começamos a partir da iniciativa de Deus, o qual quer formar um povo que leve a sua Bênção a todos os povos da terra. Começa com Abraão e depois, com muita paciência - e Deus tem muita paciência! - prepara este povo na Antiga Aliança até o constituir em Jesus Cristo como sinal e instrumento da união dos homens com Deus e entre si(cf. Conc. Ecum. Vat. II, Const. Lumen gentium, 1). Hoje, desejamos meditar sobre a importância, para o cristão de pertencer a este povo. Falaremos sobre a pertença à Igreja.