Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Santos da Igreja Católica do mês de abril

Informamos aos irmãos e irmãs que acompanham essa pagina que as atualizações são feitas periodicamente, caso você queira colaborar enviando uma matéria, por favor, envie-a para o e-mail: ocristaocatolico@gmail.com se deseja deixar um testemunho faça-o utilizando os comentários e se necessita de oração de intercessão ou de um direcionamento espiritual, utilize o “Pedido de Oração” que está em nossa pagina inicial http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/

Santa Zita - 27 de abril

Ó gloriosa Santa Zita, que tão bem soubestes aliar a vida de trabalho à vida de oração, dando como Maria o coração a Deus, e como Marta os braços ao próximo. Alcançai-me de Deus Nosso Senhor, esta ciência divina dos santos: a graça da santificação do trabalho pela vida de Fé; uma Fé viva que me ensine a ver nos homens e seus atos a mão da Providência, que pelo calvário e pela cruz me quer conduzir ao triunfo da Ressurreição gloriosa da bem-aventurança. Amém!

Agapito I - Papa e Santo - 28 de abril

Agapito I, 57º Papa da Igreja. Nasceu em Roma em 490, foi eleito papa em 13 de Maio de 535, seu pontificado durou 11 meses (22/04/536), teve como antecessor o papa João II e como sucessor Silvério. Morreu no dia 22 de abril de 536.
O bispo eleito para suceder o pontífice João II, na cidade de Roma, foi Agapito I, que se consagrou no dia 13 de maio de 535. O seu pontificado durou apenas onze meses e dezoito dias. Nesse tão curto período do seu governo, o papa Agapito I elevou as finanças da Igreja; tomou decisões doutrinais importantes para a correta compreensão dos fundamentos do cristianismo e lutou com energia pela defesa da fé e dos bons costumes. Ele mandou queimar as bulas de Bonifácio II, condenatórias das doutrinas de Dióscoro, e negou aos hereges re-convertidos que conservassem seus cargos e benefícios, como pretendia o imperador Justiniano. Enfim, foi um papa zeloso e defensor da tradição católica.

Anacleto I (Cleto) - Papa, Mártir e Santo - 26 de abril

Glorioso e Eterno Senhor, peço-vos, pela intercessão de Vosso Servo, o Papa Santo Anacleto, que construiu o túmulo de São Pedro, nosso primeiro Papa, a graça de ser sempre um defensor do papado e de cumprir, com zelo apostólico, os deveres do fiel cristão.
Anacleto ou Cleto era grego, 3º Papa da Igreja. Nasceu em Roma no ano 25, foi eleito papa no ano 76, seu pontificado durou 12 anos (ano 88), teve como antecessor o papa Lino e como sucessor Clemente I. Morreu como mártir no ano 88.

Pio V - Papa e Santo - 30 de abril

Ó Deus, que suscitastes na Igreja o Papa São Pio V, para defender a fé e restaurar a liturgia, concedei-nos, por sua intercessão, participar dos vossos mistérios com fé ardente e fecunda caridade. Por Cristo, nosso Senhor, amém!
Antônio Miguel Ghislieri, 225º Papa da Igreja. Nasceu em Bosco / Itália em 17 de Janeiro de 1504, foi eleito papa em 7 de Janeiro de 1566, seu pontificado durou 6 anos (1/05/1572), teve como antecessor o papa Pio IV e como sucessor Gregório XIII. Morreu em Roma no dia 1 de maio de 1572. Foi Beatificado em 27 de abril de 1672 e Canonizado pelo Papa Clemente XI em 22 de maio de 1712.

Oração do 3º Domingo da Páscoa

Evangelho Comentado do Dia 30/04/2017 Domingo

3ª Semana da Páscoa - 3ª Semana do Saltério Prefácio pascal - Ofício dominical pascal Glória e Creio - Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Salmo 65,1-2 - Aclamai a Deus, toda a terra, cantai a glória de seu nome, rendei-lhe glória e louvor, aleluia!
Oração do Dia: Ó Deus, que o vosso povo sempre exulte pela sua renovação espiritual, para que, tendo recuperado agora com alegria a condição de filhos de Deus, espere com plena confiança o dia da ressurreição. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Evangelho Comentado do Dia 29/04/2017 sábado 2ª Semana da Páscoa

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Memória: SANTA CATARINA DE SENA - Virgem e Doutora Prefácio pascal ou das Virgens - Ofício da Memória Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Esta é uma virgem sábia, uma das jovens prudentes, que foi ao encontro Cristo com sua lâmpada acesa, aleluia!
Oração do Dia: Ó Deus, que inflamastes de amor Santa Catarina de Sena na contemplação da paixão do Senhor e no serviço da Igreja, concedei-nos, por sua intercessão, participar do mistério de Cristo e exultar em sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

O Inferno existe - Santa Teresa D’Ávila

Santa Teresa D’Ávila viu, por divina revelação, o inferno:
“Foi de brevíssima duração, mas, embora eu vivesse muitos anos, parece-me impossível esquecê-lo.Parecia-me a entrada à maneira dum beco muito comprido e estreito, semelhante a um forno muito baixo e escuro e apertado.
O chão pareceu-me duma água com lodo muito sujo e de cheiro pestilencial e cheio de muitas sevandijas (insetos parasitas) peçonhentas. No fundo havia uma concavidade aberta numa parede a modo dum armário, aonde me vi colocar em muita estreiteza… 
Senti um grande fogo na alma que eu não chego a entender como poder dizer de que maneira é.

Pedido de Oração: Santa Catarina de Sena - Doutora da Igreja

Ó notável maravilha da Igreja, serva virgem, que por causa de suas extraordinárias virtudes e pelo que conseguistes para a Igreja e a Sociedade fostes aclamada e abençoada por todos.
Vire teu bondoso olhar para mim, que confiante na tua poderosa proteção pede com todo o ardor da afeição e suplica a ti que obtenha pelas tias preces o favor que ardentemente desejo (dizer aqui a graça desejada).

Oração do sábado na 2ª Semana da Páscoa - Igreja Católica

É preciosa e vivificante a cruz de Cristo - São Teodoro Estudita

Ó preciosíssimo dom da cruz! Vede o esplendor de sua forma! Não mostra apenas uma imagem mesclada de bem e de mal, como aquela árvore do Paraíso, mas totalmente bela e magnífica para a vista e o paladar.
É uma árvore que não gera a morte, mas a vida; que não difunde as trevas, mas a luz; que não expulsa do Paraíso, mas nele introduz. A esta árvore subiu Cristo, como um rei que sobe no carro triunfal, e venceu o demônio, detentor do poder da morte, para libertar o gênero humano da escravidão do tirano.
Sobre esta árvore o Senhor, como um valente guerreiro, ferido durante o combate em suas mãos, nos pés e em seu lado divino, curou as chagas dos nossos pecados, isto é, curou a nossa natureza ferida pela serpente venenosa.

Evangelho se anuncia com humildade, não com o poder - Papa Francisco

Um pregador deve estar sempre a caminho
Sair para anunciar
Para Francisco, é preciso “ir onde Jesus não é conhecido e onde Jesus é perseguido ou desfigurado, para proclamar o verdadeiro Evangelho”:
“Sair para anunciar. E nesta saída está a vida, se joga a vida do pregador. Ele não está protegido, não há seguro de vida para o pregador. E se um pregador busca um seguro de vida, não é um verdadeiro pregador do Evangelho: não sai, permanece protegido. Primeiro: ir, sair. O Evangelho, o anúncio de Jesus Cristo, se faz em saída, sempre; em caminho, sempre. Seja em caminho físico, seja em caminho espiritual do sofrimento: pensemos no anúncio do Evangelho que tantos doentes fazem – tantos doentes! – que oferecem a dor pela Igreja, pelos cristãos. Mas sempre saem de si mesmos”.

Fuja da Vaidade!

Entra hoje seriamente em ti mesmo e vê com que intenções fazes as tuas obras.
Se as faze maquinalmente e sem intenção alguma, nem boa nem má, ser-te-ão inúteis para o Céu.
Se as fazes com intenção de agradar aos homens e por vaidade, por boas que em si sejam, tais obras tornam-se más e dignas de castigo.
Se pelo contrário em todas as tuas obras só em Deus pões a mira, se tão somente procuras a glória e o cumprimento da vontade de Deus, és feliz: porque então tu adquires mérito e tesouros para a eternidade.

O preço de um milagre

Uma garotinha foi para o quarto e pegou um vidro de geleia que estava escondido no armário e derramou todas as moedas no chão. Contou uma por uma, com muito cuidado, três vezes. O total precisava estar exatamente correto. Não havia chance para erros. Colocando as moedas de volta no vidro e tampando-o bem, saiu pela porta dos fundos em direção à farmácia Rexall, cuja placa acima da porta tinha o rosto de um índio.
Esperou com paciência o farmacêutico lhe dirigir a palavra, mas ele estava ocupado demais. A garotinha ficou arrastando os pés para chamar atenção, mas nada. Pigarreou, fazendo o som mais enojante possível, mas não adiantou nada. Por fim tirou uma moeda de 25 centavos do frasco e bateu com ela no vidro do balcão. E funcionou!

Evangelho Comentado do Dia 28/04/2017 sexta-feira 2ª Semana da Páscoa

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal - Oficio Tempo Pascal Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Apocalipse 5,9-10 - Vós nos resgatastes Senhor, pelo vosso sangue, de todas as raças, línguas, povos e nações e fizestes de nós um reino e sacerdotes para o nosso Deus, aleluia.
Oração do Dia: Concedei, ó Deus, aos vossos servos e servas a graça da ressurreição, pois quisestes que o vosso Filho sofresse por nós o sacrifício da cruz para nos libertar do poder do inimigo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Oração da sexta-feira na 2ª Semana da Páscoa - Igreja Católica

O dom do Novo Testamento concedido como herança - São Gaudêncio

O sacrifício celeste instituído por Cristo é verdadeiramente um dom do Novo Testamento concedido como herança; é o dom que ele nos deixou como garantia da sua presença, na noite em que foi entregue para ser crucificado. Este é o viático da nossa peregrinação. É o alimento que nos sustenta nos caminhos desta vida até o dia em que, partindo deste mundo, formos ao encontro do Senhor. Pois ele mesmo disse: Se não comerdes a minha carne e não beberdes o meu sangue, não tereis a vida em vós (cf. Jo 6,53).
Ele quis efetivamente com seus dons permanecer junto de nós; quis que as almas, remidas com o seu sangue precioso, se santificassem continuamente pelo memorial de sua Paixão. Por esse motivo, ordenou aos seus discípulos fiéis, constituídos como primeiros sacerdotes de sua Igreja, que sem cessar celebrassem estes mistérios da vida eterna. É necessário, portanto, que estes sacramentos sejam celebrados por todos os sacerdotes em cada Igreja do mundo inteiro, até que Cristo desça novamente dos…

Deus e eu - Felipe Aquino

O caminho da santidade, da volta para Deus, consiste em recolocar DEUS no seu lugar, devolver-lhe o Trono que lhe pertence e em nosso coração!
Em nosso coração há um Trono onde está sentado o nosso EU, naturalmente egoísta, déspota, egocêntrico e ególatra. O pecado original expulsou DEUS deste Trono, que Deus colocou em nossa alma para ali viver e reinar, e ali entronizou o nosso EGO no Seu lugar.
O Papa São João Paulo II disse um dia que “o pecado original tirou os nossos olhos do Criador e os voltou para as criaturas”. Nelas passamos a buscar a felicidade que deveria ser buscada em Deus. Consequência disso é que nos afastamos Daquele que é TUDO, e experimentamos a miséria do NADA.

A Eucaristia “Penhor da futura glória”

Numa antiga oração, a Igreja aclama assim o mistério da Eucaristia: Ó sagrado banquete, em que se recebe Cristo e se comemora a sua paixão, em que a alma se enche de graça e nos é dado o penhor da futura glória. Se a Eucaristia é o memorial da Páscoa da Senhor, se pela nossa comunhão no altar somos cumulados da plenitude das bênçãos se graças do céu, a Eucaristia é também a antecipação da glória celeste.
Na última ceia, o próprio Senhor chamou a atenção dos seus discípulos para a consumação da Páscoa no Reino de Deus: “Eu vos digo que não voltarei a beber deste fruto da videira, até o dia em que beberei convosco o vinho novo no Reino do meu Pai” (Mt 26,29). Sempre que a Igreja celebra a Eucaristia, lembra-se desta promessa, e o seu olhar volta-se para “Aquele que vem” (Ap 1,4). Na sua oração, ela clama pela sua vinda: “Marana tha” (1Cor 16,22), “Vem, Senhor Jesus!” (Ap 22,20), “que a Tua graça venha e que este mundo passe!”.

Oração da quinta-feira na 2ª Semana da Páscoa - Igreja Católica

Evangelho Comentado do Dia 27/04/2017 quinta-feira 2ª Semana da Páscoa

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal - Oficio Tempo Pascal Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Salmo 67,8-9.20 - Ó Deus, quando saístes à frente do vosso povo, abrindo-lhe o caminho e habitando entre eles, a terra estremeceu, fundiram-se os céus, aleluia.
Oração do Dia: Concedei, ó Deus, que vejamos frutificar em toda a nossa vida as graças do mistério pascal, que instituístes na vossa misericórdia. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Cristo vivo em sua Igreja - São Leão Magno

Caríssimos filhos, a natureza humana foi assumida tão intimamente pelo Filho de Deus, que o único e mesmo Cristo está não apenas neste homem, primogênito de toda a criatura, mas também em todos os seus santos. Disto não podemos duvidar.
E como a Cabeça não pode separar-se dos membros, também os membros não podem separar-se da Cabeça. Se é certo que Deus será tudo em todos não nesta vida mas na eterna, também é verdade que, desde agora, ele habita inseparavelmente no seu templo, que é a Igreja, conforme sua promessa: Eis que eu estarei convosco todos os dias, até ao fim do mundo (Mt 28,20). 

Bênção do Lar - Oração

Deus, Pai de misericórdia, criador de todas as coisas, invocamos o Seu Espírito Santo sobre este lar e seus moradores.
Assim como visitaste e abençoaste a casa de Abraão, de Isac e de Jacó, visita-os e guarda-os na Tua luz.
Guarda estas paredes de todos os perigos: do incêndio, da inundação, do raio, dos assaltos, de todo e qualquer mal.

Ser um verdadeiro cristão - São João da Cruz

Quem se queixa ou murmura não é cristão perfeito, nem mesmo chega a ser um bom cristão. Senhor, quero padecer e ser desprezado por amor de Vós.
Queira torna-te, no padecer, algo semelhante a este nosso grande Deus, humilhado e crucificado, pois que esta vida só tem razão de ser se for para imitá-lo.
Não fujas dos sofrimentos, porque neles está a tua saúde.

Beato Tiago Alberione - 26 de Novembro

Senhor, glorificai na vossa Igreja o bem-aventurado Tiago Alberione. Que ele seja para nós exemplo e intercessor no caminho de nossa santificação e de nosso apostolado. Ajudai-nos em nosso trabalho de evangelização, a fim de que a presença de Jesus Mestre, se irradie no mundo por meio de Maria, Mãe e Rainha dos Apóstolos. Jesus Mestre Verdade, Caminho e Vida, tende piedade de nós. Rainha dos Apóstolos, rogai por nós. De todo o pecado, livrai-nos senhor.

Oração da quarta-feira na 2ª Semana da Páscoa - Igreja Católica

Evangelho Comentado do Dia 26/04/2017 quarta-feira 2ª Semana da Páscoa

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal - Oficio Tempo Pascal Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Salmo 17,50;21,23 Senhor, eu vos louvarei entre os povos, anunciarei vosso nome aos meus irmãos, aleluia.
Oração do Dia: Imploramos, ó Deus, a vossa clemência, ao recordar cada ano o mistério pascal que renova a dignidade humana e nos traz a esperança da ressurreição: concedei-nos acolher sempre com amor o que celebramos com fé. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Papa Francisco: “não à teologia do ‘pode e não pode’; deixar-se guiar pelo Espírito”

O encontro de Nicodemos com Jesus e o testemunho de Pedro e João depois da cura de um homem coxo de nascença foram o centro da homilia do Papa Francisco.
“Jesus explica a Nicodemos, com amor e paciência, que é preciso nascer do alto, nascer do Espírito. Portanto, mudar de mentalidade.” Para entender melhor isso, o Papa refletiu sobre a Primeira Leitura da liturgia do dia, extraída do Livro dos Atos dos Apóstolos. “Pedro e João curaram um homem coxo de nascença, e os doutores da lei não sabiam como fazer, como esconder este fato público.”
No interrogatório, Pedro e João “respondem com simplicidade” e quando são intimados a não falar mais sobre o assunto, Pedro responde: “Não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido. Continuaremos assim.”

A pregação da verdade - Santo Irineu

A Igreja, espalhada pelo mundo inteiro até os confins da terra, recebeu dos apóstolos e de seus discípulos a fé em um só Deus, Pai todo-poderoso, que criou o céu, a terra, o mar e tudo o que neles existe (cf. At 4,24); em um só Jesus Cristo Filho de Deus, que se fez homem para nossa salvação; e no Espírito Santo, que, pela boca dos profetas, anunciou antecipadamente os desígnios de Deus: a vinda de Jesus Cristo, nosso amado Senhor, o seu nascimento de uma Virgem, a sua paixão e ressurreição de entre os mortos, a ascensão corporal aos céus, a sua futura vinda do céu na glória do Pai.

Evangelho Comentado do Dia 25/04/2017 terça-feira

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Festa: SÃO MARCOS EVANGELISTA Prefácio dos Apóstolos II - Ofício da festa Cor: Vermelho - Glória - Ano “A” Mateus
Antífona:Marcos 16,15 - Ide por todo o mundo e anunciai o evangelho a todas as criaturas, Aleluia!
Oração do Dia:Ó Deus, que concedestes a são Marcos, vosso evangelista, a glória de proclamar a boa nova, dai-nos assimilar de tal modo seus ensinamentos, que sigamos fielmente os caminhos de Cristo. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Oração da terça-feira na 2ª Semana da Páscoa - Igreja Católica

Liturgia Diária Comentada 30/04/2017 Domingo

3ª Semana da Páscoa - 3ª Semana do Saltério Prefácio pascal - Ofício dominical pascal Glória e Creio - Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Salmo 65,1-2 - Aclamai a Deus, toda a terra, cantai a glória de seu nome, rendei-lhe glória e louvor, aleluia!
Oração do Dia: Ó Deus, que o vosso povo sempre exulte pela sua renovação espiritual, para que, tendo recuperado agora com alegria a condição de filhos de Deus, espere com plena confiança o dia da ressurreição. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Liturgia Diária Comentada 29/04/2017 sábado

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Memória: SANTA CATARINA DE SENA - Virgem e Doutora Prefácio pascal ou das Virgens - Ofício da Memória Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Esta é uma virgem sábia, uma das jovens prudentes, que foi ao encontro Cristo com sua lâmpada acesa, aleluia!
Oração do Dia: Ó Deus, que inflamastes de amor Santa Catarina de Sena na contemplação da paixão do Senhor e no serviço da Igreja, concedei-nos, por sua intercessão, participar do mistério de Cristo e exultar em sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Liturgia Diária Comentada 28/04/2017 sexta-feira

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal - Oficio Tempo Pascal Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Apocalipse 5,9-10 - Vós nos resgatastes Senhor, pelo vosso sangue, de todas as raças, línguas, povos e nações e fizestes de nós um reino e sacerdotes para o nosso Deus, aleluia.
Oração do Dia: Concedei, ó Deus, aos vossos servos e servas a graça da ressurreição, pois quisestes que o vosso Filho sofresse por nós o sacrifício da cruz para nos libertar do poder do inimigo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Liturgia Diária Comentada 27/04/2017 quinta-feira

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal - Oficio Tempo Pascal Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Salmo 67,8-9.20 - Ó Deus, quando saístes à frente do vosso povo, abrindo-lhe o caminho e habitando entre eles, a terra estremeceu, fundiram-se os céus, aleluia.
Oração do Dia: Concedei, ó Deus, que vejamos frutificar em toda a nossa vida as graças do mistério pascal, que instituístes na vossa misericórdia. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Liturgia Diária Comentada 26/04/2017 quarta-feira

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal - Oficio Tempo Pascal Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Salmo 17,50;21,23 Senhor, eu vos louvarei entre os povos, anunciarei vosso nome aos meus irmãos, aleluia.
Oração do Dia: Imploramos, ó Deus, a vossa clemência, ao recordar cada ano o mistério pascal que renova a dignidade humana e nos traz a esperança da ressurreição: concedei-nos acolher sempre com amor o que celebramos com fé. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Liturgia Diária Comentada 25/04/2017 terça-feira

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Festa: SÃO MARCOS EVANGELISTA Prefácio dos Apóstolos II - Ofício da festa Cor: Vermelho - Glória - Ano “A” Mateus
Antífona:Marcos 16,15 - Ide por todo o mundo e anunciai o evangelho a todas as criaturas, Aleluia!
Oração do Dia:Ó Deus, que concedestes a são Marcos, vosso evangelista, a glória de proclamar a boa nova, dai-nos assimilar de tal modo seus ensinamentos, que sigamos fielmente os caminhos de Cristo. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Oração da segunda-feira na 2ª Semana da Páscoa - Igreja Católica

São Bento Menni - 24 de abril

Corresponda cada dia, com mais fervor ao chamamento que o Senhor amorosamente vos fez, de maneira que sigais só a Jesus! (São Bento)
Ângelo Hércules Menni nasceu no dia 11 de março de 1841, em Milão, na Itália, sendo o quinto dos quinze irmãos. A família do casal de negociantes Luiz Menni e Luiza Figini era de cristãos fervorosos, onde se rezava o Rosário todas as noites, se praticava a caridade e todos os sacramentos.
Foi esse ambiente familiar, somado a quatro episódios, que fizeram o jovem Ângelo optar por tornar-se um sacerdote. Foram eles: a oração diária diante de um quadro de Maria, a Santíssima Mãe de Jesus; alguns exercícios espirituais aos dezessete anos de idade; os conselhos de um eremita de sua cidade natal; e o exemplo dos irmãos de São João de Deus tratando os soldados que chegavam à estação de Milão, feridos na batalha de Magenta, serviço que ele próprio praticou.

Liturgia Diária Comentada 24/04/2017 segunda-feira

2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal - Oficio Tempo Pascal Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: Romanos 6,9 O Cristo, ressuscitado dos mortos, já não morre; a morte não tem mais poder sobre ele, aleluia!
Oração do Dia: Deus eterno e todo-poderoso, a quem ousamos chamar de Pai, dai-nos cada vez mais um coração de filhos para alcançarmos a herança prometida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Beata Maria da Encarnação (Bárbara Avrillot) - 18 de Abril

Ela nasceu em Paris, no dia 1º de fevereiro de 1566, e se chamava Bárbara Avrillot, filha do senhor de Champstreaux, riquíssimo, influente na corte francesa e na vida religiosa por ser um homem muito devoto, assim como sua descendência.
Como era costume na época, apenas adolescente Bárbara foi enviada às Irmãs Menores da Humildade de Nossa Senhora, que habitavam nas proximidades. Regressou à família aos catorze anos e não pôde optar pela vida religiosa, pois aos dezesseis anos foi entregue como esposa ao visconde de Villemor, Pedro Acário, senhor de muitas terras, muito atuante na política da corte e cuja influência era tão forte quanto à de sua família, possuidor de costumes sérios e seguidor dos preceitos cristãos. Tiveram seis filhos.

Nova criatura em Cristo - Santo Agostinho

Minha palavra se dirige a vós, filhos recém-nascidos, pequeninos em Cristo, nova prole da Igreja, graça do Pai, fecundidade da Mãe, germe santo, multidão renovada, flor de nossa honra e fruto do nosso trabalho, minha alegria e coroa, todos vós que permaneceis firmes no Senhor.
É com palavras do Apóstolo que vos falo: Revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não deis atenção à carne para satisfazer as suas paixões (Rm 13,14), a fim de que, também na vida, vos revistais daquele que revestistes no sacramento. Todos vós que fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo. O que vale não é mais ser judeu nem grego, nem escravo nem livre, nem homem nem mulher, pois todos vós sois um só, em Jesus Cristo (Gl 3,27-28).
Nisto reside a força do sacramento: é o sacramento da vida nova que começa no tempo presente pela remissão de todos os pecados passados, e atingirá sua plenitude na ressurreição dos mortos. Pelo batismo na sua morte, fostes sepultados com Cristo, para que, como Cristo ressuscit…

Pedido de Oração: São Jorge - Mártir - 23 de abril

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.
Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meu inimigos.

São Jorge - Mártir - 23 de abril

A existência do popularíssimo São Jorge, por vezes, foi colocada em dúvida. Talvez porque sua história sempre tenha sido mistura entre as tradições cristãs e lendas, difundidas pelos próprios fiéis espalhados entre os quatro cantos do planeta.
Contudo encontramos na Palestina os registros oficiais de seu testemunho de fé. O seu túmulo está situado na cidade de Lida, próxima de Tel Aviv, Israel, onde foi decapitado no século IV, e é local de peregrinação desde essa época, não sendo interrompida nem mesmo durante o período das cruzadas. Ele foi escolhido como o padroeiro de Gênova, de várias cidades da Espanha, Portugal, Lituânia e Inglaterra e um sem número de localidades no mundo todo. Até hoje, possui muitos devotos fervorosos em todos os países católicos, inclusive no Brasil.

Roteiro Homilético: 2º Domingo da Páscoa

Introdução ao espírito da Celebração
Celebramos em cada domingo a Páscoa do Senhor, a Sua Morte e Ressurreição. Jesus quis aparecer aos Apóstolos no domingo de Páscoa e no de Pascoela, marcando o ritmo da celebração pascal para os discípulos e para os cristãos de todos os tempos. Alegremo-nos, porque o Senhor ressuscitado está aqui no meio de nós como esteve no Cenáculo. Irmãos, peçamos perdão dos nossos pecados, pois são os que dEle nos separam.
Primeira Leitura
Atos dos Apóstolos 2,42-47
O livro dos Atos dos Apóstolos conta-nos neste trecho a vida dos primeiros cristãos de Jerusalém. São exemplo para todos fixarmos e imitarmos.

Reflexão 2º Domingo da Páscoa “A” - São Mateus

Jesus ressuscitado manifesta-se na assembleia dominical
O evangelho apresenta a aparição de Jesus ressuscitado num quadro "litúrgico". Os discípulos estão reunidos, no domingo à noite (dia da ressurreição) e novamente oito dias depois. Jesus apresenta-se com os sinais gloriosos da paixão; transmite-lhes, com seu Espírito, os dons pascais resumidos na paz, na reconciliação; confirma-lhes a fé e anuncia a bem-aventurança dos que creram sem tê-lo visto.

Oração do 2º Domingo da Páscoa

Evangelho Comentado do Dia 23/04/2017 Domingo da Divina Misericórdia

Liturgia Diária Comentada 23/04/2017 Domingo da Divina Misericórdia 2ª Semana da Páscoa - 2ª Semana do Saltério Prefácio Pascal I - Oficio do Tempo Pascal Glória e Creio - Cor: Branco - Ano “A” Mateus
Antífona: I Pedro 2,2 Como criança recém-nascidas, desejai o puro leite espiritual para crescerdes na salvação, aleluia!
Oração do Dia: Ó Deus de eterna misericórdia, que reacendeis a fé do vosso povo na renovação da festa pascal, aumentai a graça que nos destes. E fazei que compreendamos melhor o batismo que nos lavou, o espírito que nos deu nova vida e o sangue que nos redimiu. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Olhar para Jesus e se encher de alegria - Papa Francisco

“Deus é sempre fiel à sua aliança: foi fiel à promessa com Abraão e à salvação prometida em seu Filho, Jesus”. Este foi o centro da homilia proferida pelo Papa.
A primeira leitura narra a aliança que Deus fez com Abraão, que Jesus e os fariseus chamam ‘pai’, porque foi ele que gerou “este povo, que hoje é a Igreja”. Abraão confia, obedece quando é enviado para outra terra, recebida em herança. Homem de fé e de esperança, acredita quando lhe é dito que teria um filho, aos 100 anos, “com a esposa estéril”. “Quem quisesse descrever a vida de Abraão, poderia dizer: ‘É um sonhador’”, disse o Papa. “Era um sonhador da esperança, mas não era um louco”, explicou:

Eucaristia: O pão do céu e a bebida da salvação

Na noite em que foi entregue, nosso Senhor Jesus Cristo tomou o pão e, depois de dar graças, partiu-o e deu-o a seus discípulos, dizendo: “Tomai e comei: isto é o meu corpo”. Em seguida, tomando o cálice, deu graças e disse: “Tomai e bebei: isto é o meu sangue” (cf. Mt 26,26-27; 1Cor 11,23-24).
Tendo, portanto, pronunciado e dito sobre o pão: Isto é o meu corpo, quem ousará duvidar? E tendo afirmado e dito: Isto é o meu sangue, quem se atreverá ainda a duvidar e dizer que não é o seu sangue?
Recebamos, pois, com toda a convicção, o Corpo e o Sangue de Cristo. Porque sob a forma de pão é o corpo que te é dado, e sob a forma de vinho, é o sangue que te é entregue. Assim, ao receberes o corpo e o sangue de Cristo, te transformas com ele num só corpo e num só sangue. Deste modo, tendo assimilado em nossos membros o seu corpo e o seu sangue, tornamo-nos portadores de Cristo; tornamo-nos, como diz São Pedro, participantes da natureza divina (2Pd 1,4).