Pular para o conteúdo principal

Rei Davi - Personagem Bíblico - Igreja Católica

Davi (em hebraico significa “amado”) viveu por volta do ano 1050 antes de Cristo, filho mais novo de Jessé, pertencente à tribo de Judá nasceu na cidade de Belém, sua história é narrada nos livros I e II de Samuel. Após a morte de Saul tornou-se rei de Israel sendo considerado um rei muito popular.

Samuel, instruído por Deus vai secretamente até a casa de Jessé para ungir um novo rei para Israel. Apesar de Davi ser o mais novo de seus sete irmãos ele foi o escolhido por Deus para ser ungido. A bíblia relata que nessa época um "mau espírito" atormentava Saul e seus servos buscaram alguém que soubesse tocar lira para que Saul se acalmasse. Saul se afeiçoou por Davi e fez dele seu escudeiro. 

Mais tarde quando o exército filisteu se reuniu para enfrentar os israelitas. Um gigante chamado Golias desafiou o exército israelita a enviar um homem para enfrentá-lo no entanto os israelitas tiveram medo do gigante. Davi indignando-se da vergonha que Golias trazia a Deus e a todo exército de Israel com suas palavras, decidiu enfrentá-lo.

Saul ofereceu sua armadura para Davi, no entanto ele recusou por não ser treinado no combate com armadura e ser de pequena estatura em comparação à armadura então Davi enfrentou Golias munido apenas de uma funda e algumas pedras. Logo no começo da batalha Davi acertou-lhe a testa com uma pedrada e caindo Golias arrancou-lhe a cabeça com sua própria espada.

Após a vitória Davi foi colocado como líder de um grupo de soldados e tornou-se o melhor amigo de Jônatas, filho de Saul. Sendo David bem sucedido em todas suas missões e ganhando fama entre o povo, o rei Saul passou a invejá-lo e temeu perder o poder para David. A partir daí Saul tentou por inúmeras vezes matar Davi, o qual fugiu para salvar-se.

Inicialmente Davi aparece como tocador de harpa na corte de Saul.  Ficou conhecido ao matar o gigante filisteu chamado Golias, ganhando o direito de casar com Mical a filha do rei Saul. Depois da morte de Saul, Davi governou a Tribo de Judá enquanto Jessuí o filho de Saul, governou o resto de Israel. Com a morte de Jessuí (Isboset (2Sm 2,8) ou Esbaal (1Cr 8,33), Davi foi escolhido o rei de toda Israel e seu reinado marca uma mudança na realidade dos judeus: de uma confederação de tribos, transformou-se em uma nação estabelecida. Ele transferiu a capital de Hebron para Jerusalém, após conquistá-la, pois esta não tinha nenhuma lealdade tribal anterior, e tornou-a o centro religioso dos israelitas, trazendo consigo a Arca da Aliança.

A Davi é atribuído uma boa parte do Livro dos Salmos. Ungido rei pelo profeta Samuel ainda durante o reinado de Saul, causou ciúmes de sua parte. Por isto Davi se exilou por um tempo evitando uma rebelião contra o rei.

Seu primeiro filho Absalão, julgando-o velho para governar, tentou usurpar-lhe o trono a força, mas depois de fracassado foi obrigado a fugir e acabou morto por um general do exército real, apesar das ordens em contrário. Davi antes de morrer ungiu como rei seu segundo filho, Salomão, filho de seu adultério com Betsabéia, mulher de Urias, seu general.

Fonte: Wikipedia
brasilescola.com/biografia/davi.htm
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...