Pular para o conteúdo principal

Amor e colo de mãe - Pe. Zezinho

Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor.
Que nenhuma mulher seja mais a mesma depois que gerou sua criança.
Que seja meio pata-choca, meio coruja e meio águia.
Pata-choca para viver pelos filhos, coruja para incentivá-los, águia para ensinar-lhes o valor das alturas.
Que seu colo tenha o tamanho da carência e da dor do filho.
Que as mães sejam sábias, serenas, exigentes e brincalhonas.

Nunca me esqueço daquela jovem mãe com um pequeno ao lado e uma barriga de sete meses. Dei-lhe o meu lugar na fila do sorveteiro, porque é bom ser cortês com toda mulher; mais ainda com a mulher que espera um filho e carrega outro...


Ela agradeceu, insisti e ela disse: "Por favor, padre. Estou educando meu filho a saber esperar a vez dele. Se ele aprender a furar todas as filas só porque é menino, vai crescer errado.
Se eu precisar eu aceito, mas estamos bem...

Texto: Pe. Zezinho, scj
Fonte: Edições Paulinas
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...