Pular para o conteúdo principal

Conhecendo a Bíblia Católica

A palavra Bíblia vem do grego, ela significa "coleção de livros". Proclamados pela Igreja como escritos sob a inspiração do Espírito Santo, que contém a Palavra de Deus. É uma biblioteca de 73 livros de épocas, autores e escritos diferentes. Muito embora a Bíblia tenha sido inspirada pelo Espírito Santo, foi escrita por homens escolhidos por Deus que, com sua cultura, sua época e sua fé, colaboraram para que Deus se revelasse à humanidade. Todas as narrações bíblicas foram primeiramente vividas e oralmente transmitidas e só posteriormente escritas. Este período durou aproximadamente 900 anos e tem o nome de Tradição Oral.

A Bíblia foi escrita em três línguas diferentes: o hebraico, o aramaico e o grego.  Quase a totalidade do Antigo Testamento foi redigida em hebraico, embora existam algumas palavras, trechos ou livros em aramaico e grego. Quanto ao Novo Testamento, este foi completamente redigido em grego - a única exceção parece ser o livro de Mateus, originariamente escrito em aramaico, contudo esse original foi perdido de maneira que resta-nos hoje a versão em grego. 

A Bíblia nasceu no meio de um povo do Oriente Médio que morava perto do Mar Mediterrâneo. No tempo de Abraão se chamava Terra de Canaã por causa dos canancus que já moravam naquela terra. No tempo da formação do povo se chamou terra de Israel. Bem mais tarde toda essa região recebeu o nome de Palestina.

A Bíblia começou a ser escrita durante o reinado de Salomão, por volta do ano 950 a.C. e o último livro do Antigo Testamento (AT) a ser escrito foi o Livro da Sabedoria por volta do ano 50 a.C. O Novo Testamento ficou pronto no final do 1º século. Portanto, a Tradição Escrita durou aproximadamente outros 900 anos.

A primeira tradução, e a mais famosa, da Bíblia para o latim é a de São Jerônimo, conhecida como Vulgata. Isto aconteceu por volta do ano 400 d.C., a pedido do Papa Damaso. Na verdade, a primeira tradução da Bíblia foi a tradução da Bíblia hebraica (dos judeus) para o grego, conhecida como tradução dos LXX (70), muito usada na época de Jesus e das comunidades.

Nenhum Livro da Bíblia foi escrito com os capítulos numerados. Quem teve a idéia de dividir a Bíblia em capítulos foi Estevão Langton arcebispo de Cantuária, professor na Universidade de Paris, em 1220 d.C. À medida que o estudo da Bíblia foi ganhando precisão e minúcia, as grandes secções (capítulos) de cada livro revelaram-se insuficientes. Era preciso subdividi-los em trechos menores, com numeração própria.

Uma das mais célebres tentativas foi a do dominicano italiano Santos Pagnino que, em 1528, publicou em Lyon uma Bíblia inteiramente subdividida em versículos. O editor protestante Roberto Stefano aperfeiçoou depois a divisão de Santos Pagnino, organizando e divulgando o uso de versículos em toda a Bíblia, publicando a Bíblia completa em 1555.

O Papa Clemente VIII, em 9 de novembro de1592, publicou uma nova versão da Bíblia em latim, para uso oficial da Igreja, pois o texto anterior, de tanto ser copiado à mão, tinha sido deturpado. Deste modo chegamos à atual configuração das nossas Bíblias. Hoje, conhecemos a Bíblia até aos mais pequenos detalhes, sabemos que os seus capítulos são 1.328 e que tem 40.030 versículos.

LIVROS DO ANTIGO TESTAMENTO

  1. O Pentateuco: São os cinco primeiros livros. Eles contêm a lei da primeira aliança. São também chamados de Torá que quer dizer Lei. São eles: Gênesis, Êxodo, Levitico, Números e Deuteronômio.

  1. Os Livros Históricos: São 16 livros históricos e narram à história da formação do povo de Deus, com a vida, os nomes, as lutas e a fé de seus heróis e do próprio povo. São eles: Josué - Juizes - Rute - I Samuel - II Samuel - I Reis - II Reis - I Crônicas - II Crônicas - I Esdras - II Esdras ou Meemias - Tobias - Judite - Ester - I Macabeus e II Macabeus.

  1. Os Livros Sapienciais: São 7 livros sapienciais. Nestes livros encontramos reflexões e expressões de sabedoria, poesias, cantos, orações, hinos e provérbios, nos quais o povo registra seus sentimentos e expressa sua sabedoria tirada da experiência da vida. São eles: Jó - Salmos - Provérbios - Eclesiastes - Cântico dos Cânticos - Sabedoria - Eclesiástico.

  1. Os Livros Proféticos: São 18 livros proféticos. Estes livros trazem a mensagem, a ação e alguns dados sobre a vida dos profetas. São eles: Isaías - Jeremias - Lamentações - Báruc - Ezequiel - Daniel - Oséias - Joel - Amós - Abdias - Jonas - Miquéias - Naun - Habacuc - Sofonias - Ageu - Zacarias e Malaquias

LIVROS DO NOVO TESTAMENTO

  1. Os Evangelhos: são 4 os evangelhos. Evangelho é uma palavra da língua grega que significa Boa Nova ou Boa Noticia. São eles: Mateus - Marcos - Lucas - João. Os evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas são também chamados de Evangelhos Sinóticos porque, colocados em colunas paralelas pode-se perceber muita semelhança entre eles Mc.3,14, Mt.10,5, Lc.6,13. Já o estilo do evangelho de João é difere destes.

  1. Os Atos dos Apóstolos: Este livro narra, sobretudo a reflexão de Lucas sobre os Apóstolos, mas especialmente de Pedro e Paulo. Descreve, também, um pouco da organização e das dificuldades de algumas das primeiras comunidades cristãs e reflete sobre isso com o olhar de Deus.

  1. As Cartas: São também chamadas de epístolas. São elas: I Romanos - II Romanos - I Coríntios - II Coríntios - Gálatas - Filipenses - Colossenses - I Tessalonicenses - lI Tessalonicenses - I Timóteo - II Timóteo - Tito - Filêrnon - Hebreus - Tiago - I Pedro - II Pedro - I João - II João - III João - Judas e Apocalipse.

COMO LER A BÍBLIA

Como já sabemos a Bíblia Católica é composta de 73 livros sagrados, sendo 46 do Antigo Testamento e 27 do Novo. Para facilitar a leitura ou a referência a uma determinada citação, os livros foram divididos em:

  • CAPÍTULOS, são as divisões que encontramos nos livros sagrados, normalmente aparecem em números grandes.
    • Gn 1 “Gn = Livro do Gênesis – Capítulo 1”
  • VERSÍCULOS são as divisões dentro dos capítulos, sua função é auxiliar na localização das frases bíblicas. Por via de regra, aparecem em números pequenos.
    • Gn 1,1 “Gn = Livro do Gênesis - Capítulo 1 – Versículo 1”

Já que temos agora um claro entendimento do que vem a ser “capítulo” e “versículo”, vamos nos aprofundar mais e conhecer o significado da “pontuação”.

  • VÍRGULA, separa capítulo de versículo.
    • Gn 1,3 Gn = Livro do Gênesis - Capítulo 1, Versículo 3
  • HIFEN, indica seqüência de capítulos ou versículos.
    • Jo 1-4 Evangelho de João – cap.1 ao 4
    • Gn 1,1-5 Gêneses cap.1, v.1 ao 5”
  • PONTO e VÍRGULA, separa capítulos e livros.
    • Gn 1,1-5; 2,4; Gêneses cap.1, v.1 ao 5; cap.2, v.4;
    • Gn 1,1-5; Ex 2,3 Gêneses cap.1, v.1 ao 5; Êxodo cap.2 v.3;
  • PONTO, indica versículos alternados.
    • Est 2,2.4.6-8 Ester cap.2 vv.2,4 e do 6 ao 8

Na Bíblia encontramos ainda as “abreviaturas”, que facilitam quando temos que fazer referência a um livro sagrado. Todas as Bíblias, independente da Editora que as publica, dispõem de um índice com as abreviaturas.

Texto: Ricardo e Marta

Fonte: bibliacatolica.com / Paróquia do Santíssimo Sacramento / capuchinhos.org / Bíblia Católica: Pastoral – TEB - Jerusalém
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...