Pular para o conteúdo principal

Adoração ao Santíssimo - Sexta-feira da Paixão do Senhor

ORAÇÃO INICIAL:
(Acolhida espontânea)

Min.: Graças e louvores se deem a todo momento,
TODOS: ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. (3x)

Min.: Creio, meu Deus, que estou na vossa presença, que me amais e atendeis às minhas orações. Sois infinitamente grande e santo:
TODOS: eu vos adoro!

Min.: Vós me destes tudo:
TODOS: eu vos agradeço!

Min.: Fostes ofendido por mim:
TODOS: eu vos peço perdão, de todo o coração!


Min.: Sois bom e misericordioso:
TODOS: eu vos peço todas as graças que sabeis serem necessárias para mim. Amém!

ATO PENITENCIAL:
(Oração espontânea)

Ato de Contrição: Confesso a Deus Todo-Poderoso, e a vós irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes, por pensamentos, palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor. Amém.

Senhor, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.

Música: Senhor quem entrará (Sugestão)

Senhor, quem entrará no santuário pra te louvar? (bis)
Quem tem as mãos limpas, e o coração puro,
quem não é vaidoso, e sabe amar.
Senhor, eu quero entrar no santuário pra te louvar. (bis)
Ó dá-me mãos limpas, e um coração puro,
arranca a vaidade, ensina-me a amar.
Senhor, já posso entrar no santuário pra te louvar. (bis)
Teu sangue me lava, teu fogo me queima,
o espírito santo inunda meu ser.

ADORAÇÃO SILENCIOSA:

SAGRADA ESCRITURA:

São Paulo aos Hebreus 4,14-16;5,7-9 Irmãos, temos um sumo sacerdote eminente, que entrou no céu, Jesus, o Filho de Deus. Por isso, permaneçamos firmes na fé que professamos. Com efeito, temos um sumo sacerdote capaz de se compadecer de nossas fraquezas, pois ele mesmo foi provado em tudo como nós, com exceção do pecado. Aproximemo-nos então, com toda a confiança, do trono da graça, para conseguirmos misericórdia e alcançarmos a graça de um auxílio no momento oportuno. Cristo, nos dias de sua vida terrestre, dirigiu preces e súplicas, com forte clamor e lágrimas, àquele que era capaz de salvá-lo da morte. E foi atendido, por causa de sua entrega a Deus. Mesmo sendo Filho, aprendeu o que significa a obediência a Deus, por aquilo que ele sofreu. Mas, na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem. - Palavra do Senhor. (Breve reflexão)

ADORAÇÃO SILENCIOSA:

REFLEXÃO:
Dos Sermões de Santo Agostinho

Gloriemo-nos também nós na Cruz do Senhor! A Paixão de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é para nós penhor de glória e exemplo de paciência. Haverá alguma coisa que não possam esperar da graça divina, os corações dos fiéis.

Muito mais incrível é o que já aconteceu: Deus morreu por nós. Grandes coisas o Senhor nos promete no futuro! Mas o que ele já fez por nós e agora celebramos é ainda muito maior. Reconheçamos corajosamente, e proclamemos bem alto que Cristo foi crucificado por amor a nós; digamos não com temor, mas com alegria, não com vergonha, mas com santo orgulho.

Cristo morreu por mim.
Cristo morreu porque me ama.
Cristo morreu para que eu vivesse.

Na visão de Santo Agostinho, que também tem de ser a nossa; a Cruz de Cristo não é um momento de tristeza e sim de glória, pois foi através de sua morte que Jesus devolveu a vida ao mundo, foi naquele momento de trevas, que Jesus trouxe a luz para aqueles que viviam na escuridão, e devemos lembrar que nós também fazíamos parte daquela escuridão.

Reflexão Silenciosa:

Música: Ninguém te Ama como Eu (Sugestão)

Ninguém te Ama como Eu (Bis)
olhe para a cruz, está é a minha grande prova.
Ninguém te Ama como Eu.

Ninguém te Ama como Eu (Bis)
Olhe para a cruz foi por ti, porque Te amo.
Ninguém te Ama como Eu.

REFLEXÃO:
A plenitude do amor

Irmãos, o Senhor definiu a plenitude do amor com que devemos amar-nos uns aos outros, quando disse: Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos (Jo 15,13). Compreendemos o que é o amor, porque Jesus deu a sua vida por nós; portanto, nós também devemos dar a vida pelos irmãos. Se alguém possui os bens deste mundo e, vendo o seu irmão em necessidade, fecha-lhe o coração, como pode o amor de Deus permanecer nele? Filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas com obras e de verdade. (1Jo 3,16-18)

Música: Amar-Te mais (Sugestão)

Amar-te mais que a mim mesmo.
Amar-te mais que tudo que há aqui.
Amar-te mais que aos mais queridos.
Amar-te e dar a vida só por ti.

Com minhas forças, com minha alma,
de todo coração viverei eu só pra te amar.
Amar-te, amar-te, amar-te e dar a vida só por ti.

Santo Agostinho: Jesus morrendo, matou em si a morte; nós, por sua morte, somos libertados da morte eterna. Jesus não precisou de nós para nos salvar; entretanto, sem ele nós não podemos fazer nada. Jesus se apresentou a nós como a videira para os ramos; nós não podemos ter a vida se nos separarmos de Jesus.

Música: Tão sublime Sacramento (Sugestão)

Tão sublime sacramento,
Adoremos neste altar,
pois o antigo testamento,
deu ao novo seu lugar,
venha a fé por suplemento
os sentidos completar.

Ao eterno pai cantemos
e a Jesus o salvador,
ao espírito
exaltemos na trindade
eterno amor.

Ao Deus uno e trino
demos a alegria do louvor.

Amém.

Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...