Pular para o conteúdo principal

A Comunhão mal feita agrada muito ao demônio

Mestre: O demônio, para qual a Comunhão mal feita (quando a pessoa que recebe está em pecado mortal) é sumamente agradável… Inventa mil artimanhas para induzir suas vítimas a esse passo fatal.

Discípulo: Também o demônio mete-se nisso?

M – Claro que sim! E de mil maneiras! Sobretudo, mete-se por três razões:

1º O demônio tem um ódio terrível contra Jesus Cristo, e sabendo que a Comunhão é a sua maior satisfação, procura por todos os meios transformar-lhe este prazer na maior das amarguras.


2º O demônio odeia terrivelmente os Sacramentos e sabendo que a Comunhão é o mais augusto de todos os Sacramentos, busca por todos os meios, a maneira de torná-la desprezada e aviltada.

3º Ele sabe que os cristãos quando comungam são invejados até pelos anjos, por isso procura envenenar e envilecer essas almas por meio da Comunhão sacrílega.

D – Então o demônio faz ”caretas” quando alguém comunga sacrilegamente?

M – Sim, o demônio ri e faz grande festa, pois vê Jesus desprezado e traído por novos Judas que por meio da Comunhão sacrílega repetem o beijo da traição.

Por isto é que a Comunhão sacrílega é denominada: caretas de Satanás.

D – Coisa horrível… Quanto a mim, não hei de permitir jamais que o diabo se ria com uma Comunhão mal feita, antes morrer!

M – Oh sim! Antes a morte, como fizeram milhões de mártires que preferiram perder a vida a sacrificar aos ídolos e renegar a fé.

Na última guerra civil da Espanha, os comunistas, inimigos declarados de Deus e da Religião, surpreenderam um garoto de onze anos, chamado José, enquanto levava a Comunhão aos doentes. Fazendo-o parar, retiraram bruscamente a caixinha de prata onde estavam as hóstias consagradas, e abrindo-a disseram-lhe: – Olá! Tu que és amigo dos Padres, escarra, pois, sobre esta hóstia dizendo: Morra Jesus Cristo!

O menino, trêmulo de medo, porém firme em sua convicção cristã, respondeu: - Jamais! Antes, pelo contrário, direi sempre: Viva Jesus Cristo! E adorando respeitosamente as Sagradas Partículas, beijou-as com a mais santa efusão de seu amor.

- Tolinho! – Gritaram-lhe os vermelhos – e com uma punhalada transpassaram-lhe a garganta.

O pequeno mártir, banhado no próprio sangue que aos borbotões manava da ferida, caiu por terra, fazendo ainda esforços supremos para oscular a Santa Hóstia até dar o último suspiro. Em poucos meses havia distribuído mais de mil e quinhentas comunhões.

D – Morte invejável por certo. Oh! Quem me dera morrer também assim.

E agora, Padre, diga-me: Se o demônio esforça-se tanto para induzir os cristãos a comungar sacrilegamente, é sinal de que essas comunhões fazem grande mal.

M – Um mal enorme, o maior de todos os males: por isso é que a comunhão sacrílega é também chamada: traição de Judas.

Retirado do livro “Comungai bem” do Rev. Pe. Luiz Chiavarino
Fonte: aascj.org.br
Pense nisso… A Comunhão mal feita agrada muito ao demônio… Leia e reflita. (Parte I)
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: https://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...