Pular para o conteúdo principal

Liturgia Diária Comentada 16/08/2016 terça-feira Igreja Católica

20ª Semana do Tempo Comum - 4ª Semana do Saltério
Prefácio próprio - Ofício do dia
Cor: Verde - Ano “C” Lucas

Santo do Dia: ROQUE

Antífona: Antífona: Salmo 83,10-11 Ó Deus, nosso protetor, volvei para nós o vosso olhar e contemplai a face do vosso ungido, porque um dia em vosso templo vale mais que outros mil.

Oração do Dia: Ó Deus, preparastes para quem vos ama bens que nossos olhos não podem ver; acendei em nossos corações a chama da caridade para que, amando-vos em tudo e acima de tudo, corramos ao encontro das vossas promessas, que superam todo desejo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!


Primeira Leitura: Profecia de Ezequiel 28,1-10

A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: “Filho do homem, dize ao príncipe da cidade de Tiro: Assim fala o Senhor Deus: Porque o teu coração se tornou orgulhoso, tu disseste: ‘Eu sou um deus e ocupo o trono divino no coração dos mares’. Tu, porém, és homem e não um deus, mas pensaste ter a mente igual à de um deus. 

Sim, tu és mais sábio do que Daniel! Segredo algum te é obscuro. Com talento e habilidade adquiriste uma fortuna, acumulaste ouro e prata em teus tesouros. Com grande tino comercial aumentaste tua fortuna, e com ela teu coração se tornou soberbo. Por isso, assim diz o Senhor Deus: Por teres igualado tua mente à de um deus, vou trazer contra ti os povos mais violentos dos estrangeiros. Eles puxarão suas espadas contra a tua bela sabedoria e profanarão o teu esplendor. Eles te farão baixar à cova, e morrerás de morte violenta no coração dos mares.

Porventura, ousarás dizer: ‘Sou um deus!’ na presença de teus algozes, tu que és um homem e não deus, nas mãos dos que te apunhalam? Morrerás da morte dos incircuncisos, pela mão de estrangeiros, pois fui eu que falei - oráculo do Senhor Deus”. - Palavra do Senhor.

Comentário: Página de universalidade: Deus fala também a quem está fora de seu povo, fora da Igreja. Tiro, já aliada de Jerusalém, após a queda desta torna-se imbatível... e tornar-se-á “rocha nua, estendedouro de redes” (Ez 26,14). A história nos faz conhecer pavorosos desmoronamentos de déspotas soberbos e desumanos; poderosos, ricos, temidos, em breve tudo perderam. Em toda parte são seres que se pavoneiam de super-homens e têm fim infra-humano. E nós, tomados de orgulho, não nos contrapomos e sobrepomos aos demais? Por isso fomos ou seremos humilhados (Lc 14,11; 18,14). Salvação contra humilhação é a verdadeira e sincera “humildade”; reconhecer o domínio de Deus, não presumir de forças que não temos, recorrer confiadamente a ele, saber pedir ajuda e perdão aos outros.  A missa mostra a verdadeira grandeza na humildade de Jesus, sabedoria e poder na loucura e fraqueza da cruz; e faz-nos participar em suas atitudes e comportamentos. (Missal Cotidiano)

Salmo: Dt 32,26-27ab. 27cd-28. 30. 35cd-36ab (R. 39c)
Sou eu que tiro a vida, sou eu quem faz viver!

Pensei: “Vou espalhá-los pela terra, farei cessar sua memória inteiramente”. Mas receava a reação dos inimigos, a má interpretação dos adversários.

Eles diriam: Nossa mão prevaleceu, não foi o Senhor Deus que isto fez. Porque meu povo é gente sem juízo, é gente que não tem discernimento.

Como pode um homem só perseguir mil, como dois podem fazer fugir dez mil? Não é porque sua Rocha os vendeu, não é porque o Senhor os entregou?

Já vem o dia em que serão arruinados e o seu destino se apressa em chegar. Porque o Senhor fará justiça ao seu povo e salvará todos aqueles que o servem.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 19,23-30

Naquele tempo, Jesus disse aos discípulos: “Em verdade vos digo, dificilmente um rico entrará no reino dos Céus. E digo ainda: é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus”. Ouvindo isso, os discípulos ficaram muito espantados, e perguntaram: “Então, quem pode ser salvo?” Jesus olhou para eles e disse: “Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível”.  Pedro tomou a palavra e disse a Jesus:

“Vê! Nós deixamos tudo e te seguimos. Que haveremos de receber?”

Jesus respondeu: “Em verdade vos digo, quando o mundo for renovado e o Filho do Homem se sentar no trono de sua glória, também vós, que me seguistes, havereis de sentar-vos em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel. E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos, campos, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna. Muitos que agora são os primeiros, serão os últimos. E muitos que agora são os últimos, serão os primeiros. - Palavra da Salvação.

Comentários:

A nossa vida é condicionada por muitos fatores que marcam a natureza humana decaída por causa do pecado. Esses fatores, em geral, nos afastam de Deus e nos impedem de viver plenamente a proposta do Evangelho. A maior dificuldade para superarmos esses fatores se encontra no fato de que nós somos seres naturais, portanto submissos às leis da natureza decaída de modo que para nós isso é impossível. Mas Jesus nos diz no Evangelho de hoje: 'Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível'. Somente confiando plenamente na graça divina e procurando corresponder a ela é que poderemos viver o Evangelho apesar das nossas fraquezas e dos desafios que a vida nos impõe. (CNBB)

A observância dos Mandamentos é a principal exigência para quem deseja seguir Jesus, o desapego as coisas materiais e a partilha são a segunda. Se vamos participar do Reino é preciso que a nossa fé e segurança esteja depositada em Deus e não nos bens terrenos. A partilha se faz necessária para que todos tenham vida em abundancia. A ostentação de poder, riqueza e status, não tem lugar em um Reino de igualdade. Jesus ao destacar que os ricos não entrarão no Reino de Deus referiu-se não só aos ricos em bens, mas também em soberba, orgulho, vaidade, preconceito... Existem varias explicações para a expressão “um camelo passar pelo buraco de uma agulha” (v.25), mas todas deságuam no mesmo logo, Jesus usou de uma figura de linguagem extrema para enfatizar que o poder de Deus é maior que qualquer desejo humano. A vida eterna tem inicio na vida presente, a escada que leva para o Reino de Deus é construída não com dinheiro, os degraus são sobrepostos com blocos de solidariedade, amizade, lealdade, amor, perdão... Abandonar-se por completo nas mãos de Jesus, abraçando a Boa Nova como projeto único, é o que nos capacita a receber de Deus a vida eterna, lembrando que para sermos o primeiro, temos que colocar todos os outros na nossa frente. O jovem rico queria a vida eterna sim, mas para si, não se importando com os outros. (Ricardo e Marta)

Fonte: CNBB - Missal Cotidiano (Paulus)
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica


Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...