Pular para o conteúdo principal

São José Maria Robles Hurtado - Mártir - 26 de Junho

A condição da Igreja no México foi muito difícil desde que entrou em vigor, em 5 de fevereiro de 1917, a nova Constituição anticlerical e antirreligiosa, depois do longo período de ditadura que a antecedeu.

O clero católico foi objeto de perseguições, ora mais ora menos intensas, com muitos religiosos, leigos e sacerdotes sendo brutalmente assassinados, exclusivamente por serem cristãos. Diga-se, mesmo, que não existia processo, o julgamento era instantâneo e a sentença sumária. Dentre esses mártires encontramos padre José Maria Robles Hurtado.


José Maria Robles Hurtado nasceu no dia 03 de maio de 1888 na cidade Mascota, próximo ao Vale Sierra Madre no México. Filho do casal Antônio Robles Hurtado e Petronila, o jovem desde cedo respirou uma profunda vivência espiritual e sacramental. Batizado no dia de seu nascimento, aos oito anos fez sua primeira comunhão, sendo educado primeiramente por sua mãe e, depois, dando continuidade aos estudos na escola da paróquia. Entrou para o seminário na cidade de Guadalajara no ano de 1900. Após quatro anos estava disposto a sair, mas por influência dos seus pais que o incentivaram a continuar sua caminhada vocacional, reconsiderou e assim, no ano de 1911 recebeu o diaconato, sendo nomeado tesoureiro e secretário do seminário. Foi ordenado sacerdote no dia 22 de março de 1913 em Guadalajara. Assumiu diversos trabalhos pastorais, dentre eles um instituto de formação.

Em 1920 foi nomeado pároco de Tecolotlán em Jalisco, onde difundia a fervorosa devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Tamanho era seu entusiasmo que escrevia pequenas orações e poesias, que distribuía entre os fiéis para enriquecer ainda mais o culto e louvar o Senhor.

Amado e querido pelo seu rebanho, constituído de camponeses pobres e muito carentes. Para melhor atendê-los, fundou a Congregação das "Irmãs do Coração de Jesus Sacramentado".

Porém, no mês consagrado ao culto do Sagrado Coração de Jesus, em junho de 1927, a horrenda perseguição atingiu a sua paróquia em Tecolotlán, e ele foi levado e encarcerado.

Alguns dias, ou horas antes de ser morto, padre José Maria escreveu uma poesia, na qual expressou seus últimos desejos:

"Desejo amar o teu Coração, Jesus meu, com participação total, desejo amá-lo com paixão, desejo amá-lo até o martírio. Com minh'alma te bendigo, meu Sagrado Coração; diga-me: aproxima-se o instante da feliz e eterna união?"

No dia 26 de junho de 1927, o padre José Maria, exatamente pelo grande amor à Cristo, foi amarrado numa árvore, na serra da Quila, em Jalisco, diocese de Autlan, e mantido assim até morrer. Dessa maneira, seguiu para a feliz e eterna união no Sagrado Coração de Jesus, coroado com seu martírio final.

O grupo de vinte e cinco mártires mexicanos no qual estava incluso foi beatificado, em 1992, pelo papa João Paulo II. Mais tarde, o mesmo pontífice, no ano de 2000, canonizou todos eles. A festa de São José Maria Robles Hurtado foi designada para o dia 26 de junho.

Fonte: paulinas.org.br - zenit.org/pt
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...