Pular para o conteúdo principal

A vida é uma luta constante contra o Exército do Mal - Igreja Católica

Diz os Anjos aos homens:

Deus concedeu-nos o privilégio de poder colaborar na vossa santificação. Damos-lhes boas inspirações, protegemos-lhes, afastamos os demônios. Mas se vós os escutarem e acolherem as inspirações dos demônios, por mais que usemos dos meios de que dispomos para afugentar os demônios, eles ficam ao vosso lado. Eles nos resistem a fim de vos causar danos.

Os demônios distribuem-se por toda a Terra, por reinos, regiões e cidades. Fazem seus planos, têm estratégias. Nós também nos distribuímos pela terra. Ajudamos-vos muito mais do que supõem. Durante a história de cada um de vós, temos visto todo bem que têm feito; somos testemunhas daquilo de mais nobre de cada um.


Vemos também o mal individual e o mal coletivo. Entre nós, os anjos, e os demônios tem havido verdadeiras batalhas para defender os homens, para impedir a ação malfazeja dos demônios sobre as nações e cidades.

Os homens não sabem quanto satanás e os seus seguidores lhes odeiam. Eles veem em vós a imagem de Deus. Então já que não podem acabar com o próprio Deus, anseiam destruir a sua obra.

Se pudessem, os demônios os destruiriam com as próprias mãos. Mas eles apenas podem vos tentar, na medida em que Deus permitir.

Além desses limites que as vossas orações conseguem da Misericórdia de Deus, Ele nos envia e nós cortamos o passo aos demônios. Alguns de vós também lutam com armas espirituais contra os demônios.

Os místicos, os santos, os monges, os eremitas, todos aqueles que buscam a perfeição espiritual, lutam com as armas da oração, do jejum, das obras de mortificação, às vezes com orações diretamente dirigidas a conter a ação do maligno sobre o mundo.

Também é dispensável que vos expliquemos como o ódio e o horror dos demônios foi ao extremo quando Nosso Senhor Jesus Cristo apareceu no mundo. Havia chegado o momento, e os demônios sabiam disso. Ficaram enfurecidos…

Por mais que fizeram não conseguiram evitar a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo por intermédio de Maria Santíssima.

Nada puderam fazer senão se submeter aos desígnios de Deus. A Virgem Maria pisou na cabeça da antiga serpente; como é grande o poder da humildade e
da obediência!

A Assunção da Santíssima Virgem aos Céus foi gloriosíssima. Pessoa alguma é capaz como foi a entrada de Santa Maria, a Mãe de Deus, nas moradas celestes! Todos os anjos foram ao
encontro dEla.

Nós a recebemos como se recebe uma rainha. E fomos testemunhas do encontro entre a Mãe Santíssima e o seu Filho Divino.

Adaptado do livro “História do Mundo dos Anjos” do Pe. José Antônio Fortea
Fonte: aascj.org.br
Foto retirada da internet caso seja o autor, por favor, entre em contato para citarmos o credito.

DEIXE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO

Fique com Deus e sob a proteção da Sagrada Família
Ricardo Feitosa e Marta Lúcia
Crendo e ensinando o que crê e ensina a Santa Igreja Católica

Se desejar receber nossas atualizações de uma forma rápida e segura, por favor, faça sua assinatura, é grátis. Acesse nossa pagina: http://ocristaocatolico.blogspot.com.br/ e cadastre seu e-mail para recebimento automático, obrigado.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...